O pacote

O presidente George W. Bush chamou à Casa Branca os candidatos Barack Obama (Democrata) e John McCain (Republicano) numa cartada para tentar aprovar o pacote de US$ 700 bilhões ao sistema financeiro-hipotecário dos Estados Unidos. E neste instante da queda de braços, McCain parece que tenta se desgarrar do parceiro Bush. O telespectador viu no Jornal Nacional, da Rede Globo, uma cena bem incomum para uma campanha eleitoral: os dois opositores sentados à mesa de negociação.

Com as divergências a parte, o jogo político prossegue. E quem será o próximo a mexer a peça do tabuleiro de xadrez. A defesa dos políticos é que a bolada de dinheiro seja distribuída em parcelas. Alguns bilhões à vista e o restante em prestações bem generosas. Mas, ainda tem impasse nesta articulação pela aprovação do pacote salva-vidas.

As bolsas que fecharam na tarde pelo fuso-horário brasileiro até que se comportaram muito bem. A incógnita é saber como reagirão os mercados nesta sexta-feira (26). O dólar está subindo e isso dá ânimo aos exportadores brasileiros. Já há analistas econômicos recomendando investir na moeda norte-americana. Mas como aplicar tudo em dólar se o brasileiro segue cada vez mais endividado? Aposta de elevado risco.

Para quem é espectador desta crise. Quem não está pendurado no cheque especial ou em hipotecas, quaisquer que sejam, ou não tem prestação para pagar neste fim de mês (fato impossível) a solução é aguardar. Lembrem-se que prudência e caldo de galinha não fazem mal a ninguém.

Anúncios

Tags: , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: