Capitania hereditária

Estamos dando uma volta ao tempo. Parece que vivemos a era das capitanias hereditárias onde as terras eram repassadas de pai para filho. Santo Antônio de Pádua, no norte do estado do Rio está neste período. Hoje (6), dia seguinte às eleições, o dono da capitania, Luís Fernando Padilha Leite (o prefeito), foi à Rádio Feliz para agradecer os mais de 12 mil votos para José Renato Padilha. Ele, o Nando, reafirmou que até quarta-feira (8) o impasse será resolvido.

De quebra, levou o seu pupilo para conhecer a Prefeitura, local onde Zé Renato irá governar os destinos dos paduanos. O petista Zequinha Cosendey recebeu pouco mais de dois mil votos. O partido foi uma derrota nas urnas. Sequer elegeu vereador. Mas a situação parece mais calma no município.

A Justiça Eleitoral do Rio deveria fazer uma intervenção na Justiça Eleitoral de Pádua. Há notícias sobre compra de votos. Pagamentos de IPTU. E coisas deste tipo. Isso é a vontade popular? Sugeriram acabar com a eleição municipal. Em vez disso, o capitão da vez diria quem será o sucessor.

E Maria Dib, que teve mais de 10 mil votos, deve estar contando os cacos. Um outro fato interessante foi o percentual de abstenção: 15%. São mais de quatro mil votos não contabilizados porque o eleitor, ou justificou, ou não quis votar. Dava para eleger uns cinco vereadores.

Uma notícia boa: o Diário de Bordo bateu os 2.173 acessos nesta segunda-feira. Um recorde. Se isso fosse traduzido em voto para vereador, este blogueiro seria o campeão na história desta cidade. Mas, não tenho esta pretensão. Prefiro ficar daqui observando os fatos e narrando-os para os leitores.

Anúncios

Tags: , , , , , , , , ,

30 Respostas to “Capitania hereditária”

  1. Meg Says:

    QUEM devo procurar para acertar IPTU, visto que conheço pessoas que o Sr prefeito penhorou a conta e o iptu estava parcelado e a pessoa pagando em dia.
    Viva Santo Antônio de Pádua!!!!!!!!! Onde ainda temos coronéis!!!!!!!!1 viva!!!!!!!!!

  2. Marina Says:

    Continuo esperando que a LEI se cumpra e q o dinheiro nao fale mais alto e que josé renato nao possa tomar posse, para pelo menos desta vez essa cidade sair dessa ditadura em que se encontra.

  3. Marina Says:

    ALIÁS PARABÉNS PELO BLOG!!!REALMENTE PARA O POVO!

  4. Bruno Leite Tostes Says:

    Como de costume, aos mais ativista, não basta a discussão das idéias, é necessário insultar, denegrir e atacar as pessoas privadas. Isso tudo em razão da revolta de que nas urnas o resultado não é o esperado. Assim se forma um ressentimento, que felizmente as urnas não refletem, pois a democracia é sofisticada, não se faz no mando e desmando, como nas oligarquias, nas capitais hereditárias, afinal o povo fala pelo voto.

    Nessa eleição foram anulados os votos de mais de 12.000 paduanos, que disseram não a incompetência administrativa e ao ressentimento, de uma campanha vazia. Se nos encontramos em uma capitania hereditária parece que também voltamos a censura e a ditadura.

    Sei que contra isso, os mais de 12.000 votos anulados dos Paduanos, não há argumentos, e assim os ataques se voltam a minha pessoa, pois a vontade dos Paduanos fala alto, e por si só. Eu fico aqui humilde a mercê das maldades, mas não me calo, pois falo junto com os outros mais de 12.000 paduanos que tiveram seus votos anulados.

  5. Marina Says:

    meu caro, me desculpe mas meu voto naum foi anulado,
    é assim que vcs consideram os paduanos que naum concordam com vcs?um monte de votos nulos!!!Quanta consideração!!!
    faz um favor vá ganhar teu dinheirinho e fique quieto.até agora naum me disse nada q realmente faça valer a pena discutir com vc.perda de tempo essas suas palavras.aff

  6. cláudio Says:

    eu concordo que esta cidade é maravilhosa. só que temos que dar um basta a essa política de corrupção de santo Antônio de Pádua. eles só visam dinheiro e conforto para si próprio. eu acho que aqui não deveria haver eleições. Era só um desses “Padilhas” escolher outro e pronto.

  7. Bruno Leite Tostes Says:

    Vc pode procurar um dos mais de 12.000 que nao votaram igual a vc, afinal ha mais chances de encontrar um desses do que um dos que votou como vcs.

  8. gustavo Says:

    Acho uma pouca vergonha está política em Pádua, as pessoas veículam através de Radio, internet e jornais regionais o que lhes convêm, ou melhor, muitas vezes o que são pagos pra dizerem, é uma falta de respeito o povo ficar ouvindo de um lado que foram cassados e do outro que a cassação era mentira, e agora em quem acreditar, estão tirando todo o crédito dos meios de circulação de notícia, niguém é punido por noticias enganadoras “calúnias” muita gente fala ou fica a favor de certos politicos pois não podem declarar a quem defendem pois se não perdem seus empregos e de seus familiares também, chega de corrupção, se até agora a nossa cidade está sendo conhecida na TV por escândalos e roubalheiras, acho que é a hora de mudar chega de perseguição e na verdade quando precisarmos de saúde, habitação e demais direitos, Não pode ficar parecendoque a PREFEITURA faça uma boa ação, isto é Direito de todos nós, vamos mudar, chega de ficar vários anos nessa TETA do governo, e se por acaso o outro candidato que assumir roubar também, já estariamos cansados de assistir deste filme o poder está em nossa mão ou seja, ROUBOU, JÁ PRA FORA.,

  9. Marina Says:

    Caro Bruno “HUMILDE”, que naum conheço pessoalmente assim como naum conheço os senhores candidatos, realmente é mais facil pq o medo domina o povo paduano.
    conheço muito amigos meus que votaram sim entre esses 12.000 que vc tanto gosta de pronunciar, mas o motivo é claro, medo de perder o emprego, medo do tio perder o emprego na Copapa, medo da irmã perder emprego na prefeitura e por ai vai.Gente que como eu queria mudança, mas fica que fica presa no dominio que os Padilhas tem sobre A CIDADE de Santo Antônio de Pádua.ESPERO QUE A JUSTIÇA MUDE ESSA SITUAÇÃO E TIRE DE UMA VEZ POR TODAS PÁDUA DO DOMINIO DESSES SENHORES.Pelo menos desses 12.000 que uns 4.000 agradecem, por naum serem eles os culpados diretos da prefeitura ir para outras mãos.SO ASSIM PODEREMOS DAR UM VIVA A DEMOCRACIA!!!PELO MENOS UMA VEZ, NÉ

  10. CLAUDIO Says:

    olha, bruno vc deve ser um dos marajás igual a eles ou então deve estar levando vantagens. porque eles e quem dá apoio e os puxa-sacos só visam o bem estar deles e o povo trabalhador e humilde é que se foda.

  11. Hora de Mudar Says:

    O Sr. Bruno nada mais é do que o sobrinho do Prefeito. Daí a revolta toda com a decisão da justiça que impugnou a canditatura desses ladrões safados.

  12. Ana Says:

    Meus Caros,

    Devo antes de tudo me posicionar:
    Não trabalho na prefeitura,copapa,etc…
    Entendo a frustração por parte de alguns…
    Porém me sinto no direito de questionar:
    Alguém leu o PG de Maria Dib?
    Meu Deus!
    Era semelhante a uma carta socialista a papai Noel…
    Devemos ressaltar o introsamento quase matrimonial entre Nando e Zequinha durante anos a fio…
    Então de que mudança falamos?
    Ahhh!!!
    A abominável compra de votos…
    Sim,realmente ela é terrível, eu concordo, a manipulação da Radio Feliz pelo partido da situação…
    Ohhh!!!
    Meu Deuss…
    Mas espere!
    Onde foi que eu ouvi Josias Quintal dar o seguinte aviso:
    TUDO QUE FOR FEITO PELOS ELEITORES DO “GALO” TERÁ TROCO EM DOBRO?
    Seria na 104 Fm?
    Ahhh!!!
    E a compra de votos?
    Não houve?
    Meu queridos,eu sou a mais anarquista das criaturas,kkakakak…
    Mas,mudança com Maria Dib e Josias?
    O Josias que até outro dia estava no mesmo palanque que Nando?
    O que fez ele descer?
    Será que temos algum credulo que dirá que foi por convicções ideólogicas?
    E Zequinha?
    O pilar da moral….
    Anos e anos embaixo das asas da família Padilha?
    Os Padilhas são corruptos?
    Onde está o patriarca dos Mansur?
    Recolhido por em um retiro espíritual?
    Buscando se conhecer melhor e entender a humanidade?
    Ou cumprindo prisão domiciliar?
    Então não façamos de dona Dib uma injustiçada e de Zequinha um Cristo na versão comunista,nenhuma das imagens condiz com a realidade…
    Se quer mudança?
    Concordo!!!!!!!
    Aperibé também quiz, e lá se foi a opsição que prometia mandar a corrupção para o espaço…
    É Foguetinho foi mesmo uma grande mudança….
    E caso alguém pense que estou com uma arma na fonte,ou que meu pc tem algum tipo de vírus espião,kakakakkaka
    Meu salário se quer vem dos cofres do estado do Rio de Janeiro.
    O problemas eu morrerei dizendo:
    Não são os PADILHAS…
    E sim a ausência de uma oposição que realmente dê seu recado forma de a ultrapassar a redoma dos conhecidos Padilhas…
    Enquanto isso eu continuarei votando com medo:
    MEDO QUE MARIA DIB SEJA ELEITA!!!!

  13. O Eleitor( respondendo ao "Verdade" SIC! ) Says:

    O Bruninho…..tira o dinheirinho dos votos e quero ver quanto fica……deixa de ser cara de pau rapa…….tu vai é perder o seu empreguinho……ou seu pai ou sua mãe……esta eleição foi o maior derrame de dinheiro que já vi nesta cidade…….nunca assisti nada igual……..e isso tudo pra que ???……pra defender as falcatruas do Sr seu Tio Luís Roubando Padilha Leite e do seu Primo o Senhor Rato da Barriga Branca Tarciso Padilha que antes roubar a Prefeitura roubou seu próprio Pai e irmãos….tem cada história desses Padilhas que fazem até defunto dançar ……..ou cheirar

  14. Marcos Says:

    Se me permitem tecerei alguns comentários, a saber:
    Se compararmos o município de Santo Antonio de Pádua, com os municípios limítrofes notaremos algumas diferenças, das quais poderemos nos orgulhar, outras nem tanto, não me refiro a nenhuma beleza natural nem tampouco a clima mais ou menos agradável, me refiro a crescimento e pujança econômica, de tal sorte que a cidade polariza uma micro região, chegando a reduzir uma outra cidade próxima a condição de cidade dormitório, evidente que não citarei a dita cidade por questões éticas. Contra fatos não há argumento que se sustente, portanto são dados estatísticos de fácil comprovação.
    A cidade de Pádua conta com duas fábricas de papel em operação, e uma terceira sendo instalada, 3 concessionárias de automóveis, 1 de caminhões, 6 de motocicletas, um pólo industrial em franco crescimento, um comércio varejista acima da média da dita micro-região, não pode haver dúvidas que a geração de empregos em Pádua é bem superior as cidades vizinhas. Desculpem, quase esqueci o foco do debate, as capitanias hereditárias, não se pode olvidar que o poder municipal vem sendo gerido por um só clã, é fato, tal qual acontecia nas ditas capitanias, ao tempo das capitanias essa providência se fez necessária para que as terras loteadas tivessem donos e marcassem o território que hoje é o Brasil, porque se assim não fosse feito hoje o mapa brasileiro seria diferente, olhando para trás vemos que os colonizadores adotaram medida acertada, isso é fácil de comprovar olhando os países vizinhos que foram colonizados por espanhois. Em regra, nossos vizinhos são bem menores, menos civilizados, menos industrializados, menos cultos, enquanto o Brasil é a 10° econômia mundial, vemos então que os loteadores de terras pela criação de capitanias, adotaram estratégias melhores no sentido do beneficio da terra brasilis, posto que nossos vizinhos em nada podem se comparar a nós, importante ressaltar que o Brasil é o único país que de colonia foi elevado a sede de império nas américas, claro que Napoleão Bonaparte deu uma forcinha fazendo Dom Jõao VI fugir para o Brasil, elevando nossa categoria de colonia a sede do império, com direito a ficar com o acervo da biblioteca nacional,por exemplo, é certo que Dom João veio fugido, mas, poderia escolher outra de suas colonias, na África por exemplo, se isso acontecesse, hodiernamente nosso mapa seria diferente, nossa história seria diferente, e provavelmente a outra colonia escolhida teria tido um destino muito melhor,bom mas isso é conjectura. De qualquer forma, vivas a Dom João, Dom Pedro I e Dom Pedro II em especial, porém o mesmo não diria do Marechal Floriano, que traiu seu amigo rei que era brasileiro nato e amava este rincão, e morreu no exilio e foi enterrado com um travesseiro contendo terra brasilis que tanto amava. Creio eu com meus humildes conhecimentos que nesse ponto é que involuimos, de monarquia parlamentar para República, do bom e velho latim Re = coisa + publica= pública(grafia parecida por causa da origem do português que tem raizes no latim vulgar). A coisa pública, o poder, a disputa por ele, o jogo de interesses, defesas calorosas, ataques inflamados, traições a amigos, quantos sentimentos causa a coisa pública, não é mesmo? Nesse ponto não podemos esquecer dos ensinamentos de Maquiavel, genial, pai da ciência política, mas… tinha um grande defeito, pois era um tremendo puxa saco, nisso também é mestre de muitos e muitos concidadãos nossos.
    Mas, voltemos então a nossa dita capitania hereditária, o termo hereditário leva a uma cognição o “ius sanguinis” em regra é que viabiliza a sucessão, então como falar em sucessão no poder no sistema republicano, não faz sentido, pois entra um fator variável, qual seja o mandato é autorizado pelo voto, e não pelo sangue “ius sanguinis”, Marechal Floriano extirpou a realeza do Brasil, lembram?
    Por outro lado como afirmei alhures, Pádua polariza uma micro região, não se pode negar que o poder público exerce grande ingerência neste aspecto, porque as políticas públicas atraem ou afastam investimentos produtivos, e claro, a ligação com o pleno emprego é lógica, quanto mais investimento produtivo mais emprego, sem tomar partido, o citado medo da perda de emprego, influência em muito numa eleição, de maneira transversa, pois o medo que pode existir é o da fuga de investimentos produtivos e o natural efeito em cascata, a empregabilidade é gerada direta e indiretamente. Normalmente eleitores buscam canditatos que mais produzem condições de geração de emprego, não porque fica sob pressão de perder o que já tem, porque votou secretamente e democraticamente. Reflitam acerca disso!
    Ainda sem tormar partido, comparemos os que tem pretensões a capitão hereditário, se é que podemos chamar assim, creio que não, socorrendo nos no que foi afirmado alhures. Mas… assim chamemos em respeito ao tema do debate. Voltemos a comparação afim de que nós eleitores façamos um exercicio cognitivo, quantos negócios produtivos tem um pretenso capitão e quantos tem o outro capitão e sua tropa, desculpe quase me esqueço que o significado de capitão nem sempre é de cunho militar, o equívoco é natural em função de militares ou ex- militares estarem disputando o pleito. Por falar em militares, não há como deixar de lembrar da “Dita” Ditadura, alguém lembra de Geraldo Vandré, digo isso para não dizer que não falei das flores, mas por falar em flores, até agora não compreendi o fundo musical da campanha de um dos contendores, militar e Geraldo Vandré acho que não coaduna, fica meio sem sentido.
    Naquela época talvez alguns fossem cadetes ainda, e não comandantes, mas foram outros tempos, não é verdade? Há tempo de perdoar e há tempo de ser perdoado, não diga que não falei das flores.

  15. Vinicicius D.A Says:

    Ísso é blog ou um feudo de idéias? Cadê o tal debate?
    Essa página é mesmo de Brasilia, ou foi uma invasão do Espírito do ACM?
    O que é isso?Nunca vi algo tão vazio.Desculpas ao jornalista , de qualempresa brasilisense?

  16. Vinicicius D.A Says:

    A pessoa que colocou seu Post como Marcos é mais um exemplo de bom senso. Expressou sua opinião, mostrou dados, não agrediu ninguém, não usou palavras de baixo calão. E repito: deu uma pequena, mas completa aula, sobre o significado literal de Capitania Hereditária. Vê, isso é debate, isso que internautas que gostam de jornalismo querem ler e não algumas lavações de roupa suja que não cabem em seu blog. Bem que se lave essa roupa, contudo, como Marcos, um exemplo, provou, não é preciso lavar xingando, com revolta, mexendo na vida pessoal de terceiros. Um abraço.

  17. Paduana revoltada Says:

    Bom Dia a todos!

    Hoje, estava ligada na rádio FM de Pádua, achei interessante, eles leram uma carta ou fax, não entendi muito bem, porque liguei no finalzinho, convidando os candidatos que ganharam para prefeito, gente vamos tentar entender esse fax ou carta, não sei ao certo, a Senhora Maria Dib recebeu esse convite porque no site do TRE, ainda está com 100% dos votos, como ainda não foi divulgado realmente quem vai governar a cidade eles convidaram os possíveis governantes. Não quero que as pessoas começam a entrar aqui para ficar com deboche, cinismo com ninguém, vamos continuar na espera do resultado final, que será no dia 1º de janeiro, ok.
    Estou aqui para adiantar antes que as pessoas começam a avacalhar o blog.
    Eu ainda acredito na democracia.
    Se as pessoas querem mudanças disso também sei, eu também queria, mas teria que ser uma mudança para melhor.
    Como vocês disseram que aqui em Pádua o voto é de curral, acho que estão enganados, não é bem assim mais gente, o voto é secreto.
    O tal candidato a vereador que a Meg citou realmente vem fazendo isso há muito tempo, não foi a 1ª vez, eu fico aqui a pensar porque o TRE não tomou alguma medida contra ele?
    Parem com essa de voto comprado, nem todo mundo de Pádua são vendidos, tem muita gente honesta, que vota para ter uma cidade melhor, não importa quem vai ser o governante da cidade, José Renato….Maria Dib, o que importa é: cidadãos se unirem e vigiar o que os governantes estão fazendo, ou vocês acham que elegeram alguém por isso temos que deixar fazer o que quiser, nada disso, por isso que digo a democracia está ai, quem fica falando mal do atual prefeito por acaso já foram em alguma reunião da camâra para ver o que está acontecendo, o que eles estão pensando em fazer para legislar nossa cidade, o povo paduano em vez de ficar aqui xingando, se degladiando, podem e devem participar das reuniões e o que não for de acordo para o bem de Pádua, reclamem, discutem, falam, fazem alguma manifestação sem agredir ninguém claro, só para mostrar aos governantes que o povo não é bobo.
    ficam aqui falando mal da família Padilha, Mansur, até do Zequinha cozenday coitado, é a primeira vez que entra nessa politica, devem ir nas reuniões da camâra para ver o que realmente está acontecendo, se alguém sentir cheiro de corrupção, denuncie.
    Falam que os Padilhas estão na prefeitura roubando, ficando cada vez mais ricos, parem com isso, o que vocês vão ganhar com isso tudo, eu sei que eu não vou ganhar nada, apenas quero lutar para que a nossa cidade fique cada vez melhor.
    Com indústrias, boas escolas, saúde, etc. seja quem for o governante, se as pessoas começarem a ver por esse lado, garanto que o munícipio seria bem melhor, o município não, o Mundo inteiro.

    Um abraço a todos.

  18. Galo boxeador Says:

    Só existe segundo turno nos municipios com mais de 200.000 habitantes, longe de ser o caso de nossa pequena cidade, o que acontecerá em S. A. Pádua será segundo round, é claro que analogia ao boxe é evidente, mas creio que seja necessária. Nas lutas de boxe a figura do arbitro(também conhecido como juiz) fiscaliza a luta e quando um dos contendores dá sinais de fraqueza capazes de prejudicar sua integridade física a luta é paralizada e é bastante comum que se decida pela vitória do boxeador que não foi muito atingido. O técnico do boxeador também pode ¨jogar a toalha¨ e assim termina a luta, as medidas visam garantir a integridade física do lutador que se encontra debil.
    Lógico que na politica as coisas são diferentes, mas como em tudo na vida, é possivel fazer adaptações, e neste caso das eleições sui generis de Pádua, poderiam utilizar ao menos a técnica da toalha, isso preservaria a integridade moral e política de D. Maria Dib, pena que seus aliados não tenham capacidade para reconhecer certos fundamentos da politica, comparando com o boxe seria a forma de preservar o candidato, mas como são renitentes em reconhecer a derrota eleitoral.
    Que venha o segundo round, assim o povo vai comparecer novamente as urnas e pela segunda vez será nocaute, só que dessa vez, por culpa exclusiva dos técnicos que não souberam jogar a toalha e reconhecer a derrota nas urnas. Então será nocaute e pobre adversária entrará em coma politica, como ocorreu com seu diginissimo esposo.

  19. Não sou eleitora de pádua Says:

    Eu moro em Pádua, mas não sou eleitora aqui, realmente precisava mesmo de uma nova eleição, eu quero o melhor para Pádua, apesar de não votar aqui, mas moro eu quero o melhor para Pádua, e tentar levar a eleição no tapetão não vale, teria sido válido se os corujas conquistassem os votos democraticamente, mas pelo que sei eles não conseguem, e só sabem tentar de forma suja… e tem gente falando de voto de cabresto, para com isso, os Padilhas são empreendedores não adianta, eles querem o melhor para Pádua, afinal as empresas deles estão aqui.
    Agora uma pergunta a essas pessoas que ficam falando que tem voto de cabresto e outras coisinhas mais, o que os mansurs tem feito para Padua de crescimento? Onde está as empresas deles?
    Ai falam que é voto comprado, que os empregados dos Padilhas não são livres para votar, isso tudo é brincadeira, claro que os empregados dos Padilhas votam neles, como os do Mansurs votam neles, isso é mais do que justo, agora falar que os votos são de cabresto, parem com isso, cada um vota com sua consciencia.

    Não adiantou nada os Mansurs jogar sujo, porque nem de um jeito e nem do outro eles conseguiram entrar na prefeitura e se Deus quiser não vai mesmo.

    Não vai ser Mansur que vai tentar tirar os Padilhas da Prefeitura, talvez se entrasse uma outra coligação sem ligação com os Mansurs e que quisesse o bem para Padua, talvez sim, eles sairiam, mas enquanto isso não acontece vamos deixar eles administrando nossa cidade é a melhor opção que temos.

    E vai ser uma pena ver a D. Maria uma pessoa tão boa, ir as urnas novamente e mais uma vez ficar na esperança.

    Bruno para mim eu achei que o TRE ia realmente ver o que aconteceu em Pádua e como os Padilhas ganharam democraticamente eles que já estariam no governo, mas como agora decidiram por uma nova eleição, será o melhor, e vcs podem ficar despreocupados é galo na cabeça novamente.

    Vou deixar uma pergunta para vocês e quem puder responda.
    O que o povo Paduano faria se os Padilhas resolvessem pegar as empresas e ir embora de Pádua?

    Quantas pessoas ficariam desempregadas?

  20. Ana Paula Says:

    eu achei isso muito legal!
    vocês podiam colocar mais coisas sobre isoo no diário de bordo de vocês!
    por que isso é muito interessante!
    fala muito sobre um assunto!
    principalmente para quem quer saber sobre as capitanias hereditárias!
    eu adorei!
    só recomendo estes sites para a minha filha estudar e pesquisar!
    milhões de beijos!
    adoro você e sua produção!

  21. bruno leite Says:

    Espero somente que sua filha nao descreva Padua como uma capitania hereditaria no vestibular, assim ela descobrira a verdade da pior forma.

  22. O Eleitor Says:

    Maria Dib foi legalmente Proclamada Prefeita de Pádua…….hahuhauah

    Perdeu playboy…….acabou o milho

  23. bruno leite Says:

    Vc é o melhor eleitor!!!

  24. bruno leite Says:

    Segundo o Código Eleitoral, art. 224: “Se a nulidade atingir a mais da metade dos votos do País nas eleições presidenciais, do Estado nas eleições federais e estaduais, ou do Município nas eleições municipais, julgar-se-ão prejudicadas as demais votações, e o Tribunal marcará dia para nova eleição dentro do prazo de 20 a 40 dias.”

    Quanto ao fato de o candidato que deu causa à nulidade da eleição poder se candidatar na nova eleição, já houve julgamentos pelo Tribunal Superior Eleitoral sobre esse assunto. Porém não está previsto em legislação. Por enquanto trata-se de entendimento dos julgadores nos casos concretos já julgados até agora.

    Dispõe o artigo 224 do Código Eleitoral:

    Art. 224. Se a nulidade atingir a mais de metade dos votos do País nas eleições presidenciais, do Estado nas eleições federais e estaduais, ou do Município nas eleições municipais, julgar-se-ão prejudicadas as demais votações, e o Tribunal marcará dia para nova eleição dentro do prazo de 20 (vinte) a 40 (quarenta) dias.

    1º Se o Tribunal Regional, na área de sua competência, deixar de cumprir o disposto neste artigo, o Procurador Regional levará o fato ao conhecimento do Procurador-Geral, que providenciará junto ao Tribunal Superior para que seja marcada imediatamente nova eleição.

    2º Ocorrendo qualquer dos casos previstos neste Capítulo, o Ministério Público promoverá, imediatamente, a punição dos culpados.

    Basta simples leitura do caput do artigo acima para compreender que se mais da metade dos votos em eleição majoritária forem nulos, aquele pleito restará prejudicado, sendo necessária à convocação de novas eleições.

    Não podemos deixar de lembrar que a nulidade mencionada no dispositivo eleitoral anteriormente referido pode ser obtida por outros meios, além do denominado voto nulo (nulidade da cédula) pelo eleitor.

    Nessa linha, serão também considerados nulos aqueles votos atribuídos a candidatos que tenham sua candidatura impugnada ou eivada de vícios. Assim já decidiu o Egrégio Tribunal Superior Eleitoral:

    Recursos especiais. Procedência. Representação. Captação ilícita de sufrágio. Art. 41-A da Lei nº 9.504/97. Cassação. Registro. Candidato. Determinação. Renovação. Eleições. Art. 224 do CE.Alegação. Exigência. Diplomação. Segundo colocado. Descabimento. Anulação. Superioridade. Metade. Votação. Alegação. Ausência. Prequestionamento. Matéria. Referência. Renovação. Eleições. Alegação. Violação. Art. 415 do CPC. Improcedência.

    (Relator CARLOS EDUARDO CAPUTO BASTOS- RESPE 25289- DJ – Diário de Justiça, Volume 1, Data 18/11/2005, Página 70)

    Retomando o raciocínio anterior, o fato é que, detectada a nulidade de mais de metade do total de votos em eleições majoritárias, deverá ser realizado novo pleito no prazo assinalado no artigo 224 do diploma eleitoral.

    Esta medida demonstra a preocupação do legislador quanto à necessidade de prevalecer a vontade da maioria. Se assim não o fosse, certamente bastaria que escolhessem simplesmente entre os mais votados, ou que, em havendo qualquer irregularidade com o candidato mais votado, fosse diplomado o segundo colocado.

    Como bem afirmou o Ministro Humberto Gomes de Barros, que “a realização de nova eleição, no caso do art. 224 do Código Eleitoral, não é penalidade contra o segundo colocado no pleito anulado, mas um imperativo legal, destinado a evitar que a minoria assuma o poder”.(RESPE 25402 de 06/12/2005).

  25. bruno leite Says:

    Pois bem, chamo o um desembargador para e fazer valer a decisao, em acordo com o meu comentario.

    28/11/2008 18:07 Registrado Despacho de 27/11/2008. Com Despacho acolhendo o pedido de fls. 243.

    Despacho em 27/11/2008 – AC Nº 201 Desembargador LUIZ FELIPE FRANCISCO

    “Trata-se de pedido de extensão dos efeitos de liminar concedida a fls. 218/219, de forma a que fique suspensa a Proclamação do Resultado das Eleições do Município de Santo Antônio de Pádua (ata de fls. 244/246).

    Ocorre que, com efeito, de forma equivocada, declarou aquele documento como vencedora a chapa apresentada pela Coligação “Reage Pádua” , quando, em verdade, se for possível falar-se em um resultado provisório, este é o de anulação de toda a eleição, uma vez que, até o momento, a decisão proferida pela Justiça Eleitoral é no sentido do indeferimento da chapa adversária apresentada pela coligação adversária, o que vem a causar a nulidade da maioria dos votos válidos apurados naquele Município.

    Assim, estou acolhendo o pedido de fls. 243, para suspender também a decisão que proclamou a candidata da Coligação “Reage Pádua” , Sra. Maria Dib Mansur como vencedora do pleito, pelos motivos acima referidos.

    Oficie-se, com urgência, ao Juízo da 34ª Zona Eleitoral.

    Viva a Maria Dib, ex prefeita proclamada de Pádua!!!
    Acabou o milho, acabou a pipoca …
    Maria Dib, ex prefeita proclamada de Pádua

  26. Alon Caveari Says:

    Política e suas politicagens!
    Parabéns pela página e parabéns as pessoas que possuem o pensamento voltado para a razão e não dão respostas com justificativas. Viva o interesse, o dinheiro, viva a corrupção, viva a justiça juntamente com seus desembargadores corruptos! Viva a derrota das pessoas de mau caráter. Isso tudo demonstra quem são das pessoas em que deveríamos confiar.
    Desejo a Srª Maria Dib uma boa sorte em sua administração e espero que ela respeite o povo que confiou nas suas palavras e decidiu dizer chega a essa hereditariedade.

  27. wallace figueiredo Says:

    O povo tem se concientizar da força que tem, ao invez de ficar bebendo cerveja em porta de botiquin o povo tem que exigir os seus direitos como por exemplo se nos somos obrigados a votar eu acho que deveriamos tambem votar para tirar aquele politico que nao serve para exercer o cargo como todo trabalhador que nao serve pro cargo tem que se mandado embora.

  28. observadora Says:

    A classe política de um pais é o reflexo dos valores e atitudes de seu povo, afinal de onde vem os políticos, de Marte, do Além, de outra dimensão, ou do próprio povo? Os político vem do povo e são eleitos pelo povo, trazem consigo todos os valores e constumes da população.

    Precisamos de mais educação e solidariedade, mas pelos indices de audiência do Big Brother fica claro que o povo esta mais interesado na banalidade do que no essencial. Temos exatamente a política que merecemos, afinal nos mesmo que elegemos esses Sarney’s e Collor’s e Lula’s que ai estão.

  29. lidiene Says:

    sou gatinha pra caranba

  30. stefany de moraes ramos Says:

    q bobeira!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: