2º turno: onde justificar o voto?

O domingo (26), que amanhece ensolarado aqui em Brasília, marca o segundo turno das eleições em 31 municípios. É o reencontro do eleitor com a urna eletrônica. Pelo menos 27 milhões de cidadãos devem comparecer aos postos eleitorais espalhados pelos 15 estados. No entanto, o momento de dúvida é para aquele eleitor que se encontra fora do domicílio eleitoral e não tem como votar.

Aliás, fica uma sugestão à Justiça Eleitoral: com a urna eletrônica e a evolução tecnológica, o cidadão de posse do título de eleitor poderia votar em qualquer localidade desde que o voto seja para os candidatos em disputa no município em que o eleitor esteja cadastrado.

Retornando ao tema justificativa de votos, aqui no Distrito Federal, como ocorrido no primeiro turno, foi montada infra-estrutura para atender ao cidadão de outras localidades. Espera-se que 24 mil pessoas estejam nesta situação. Para isso, terão 117 postos cujos endereços podem ser verificados no sítio do TRE. Acredita-se que sejam os mesmos pontos do primeiro turno.

Ontem (25) à noite, o Jornal Nacional, da Rede Globo, foi mais amplo na divulgação das pesquisas feitas pelo Ibope e pelo Datafolha. Os números apurados pelos dois institutos de opinião não contêm muitas divergências como os verificados no primeiro turno. Um exemplo é o Rio de Janeiro. Lá deu Eduardo Paes com 51% e Fernando Gabeira com 49% dos votos válidos.

No entanto, poucos se ativeram para a seguinte questão: pelo menos 15% dos que opinaram estavam indecisos ou iriam anular ou votar em branco. É um percentual suficiente para mudar todo este cenário e, inclusive, tender em favor de Paes ou de Gabeira. Convencer o eleitor a comparecer ao posto de votação e optar por um dos postulantes é o trabalho dos cabos eleitorais.

No mais, ao que me parece, não haverá muita surpresa. O prefeito Gilberto Kassab (DEM) será reconduzido em São Paulo. João Henrique (PMDB) vencerá em Salvador para mais um mandato. Márcio Lacerda (PSB), invenção do governador Aécio Neves e do prefeito Fernando Pimentel baterá Leonardo Quintão em Belo Horizonte. Em Campos, a ex-governadora Rosinha Garotinho tem chance de se eleger. Já em São Luís, as pesquisas apontam para o tucano João Castelo.

About these ads

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

2 Respostas to “2º turno: onde justificar o voto?”

  1. Carlos Santo Schelck Says:

    Estou morando em Campos dos Goytazes – RJ, e parabéns a ex-Governadora do Rio Sra Rosinha pela vitória, mas voltando ao assunto minha cidade natal é Santo Antônio de Pádua-RJ. Como ficou a eleição no muicípio de Pádua-RJ?

  2. Carlos Santo Schelck Says:

    Estou morando em Campos dos Goytazes – RJ, e parabéns a ex-Governadora do Rio Sra Rosinha pela vitória, mas voltando ao assunto minha cidade natal é Santo Antônio de Pádua-RJ. Como ficou a eleição no município de Pádua-RJ?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: