A lição das urnas em 2008

Apesar de tentar desvincular os resultados das eleições municipais ocorridas neste mês de outubro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva me parece consciente que as respostas advindas das urnas eletrônicas já traçam perfis de eventuais aliados e opositores na briga pela Presidência da República em 2010. Lula, quando tenta separar os dois momentos eleitorais – 2008 e 2010 – usa como um dos argumentos o fato de que o eleitor centralizou as discussões nas questões locais.

Mas, justamente, a partir daí que se amplificam os problemas. Os municípios dependem em maior escala da União. E os prefeitos eleitos – e muitos reeleitos – com certeza terão poder de influir no direcionamento dos votos dentro de dois anos. E por qual razão tenho esta leitura? Porque o presidente Lula – até o cenário atual – não poderá disputar mais um mandato, embora haja articulações neste sentido ou até mesmo para permitir mais dois anos de mandato para ele, o que beneficiaria outros políticos.

Com esta hipótese de lado, vejamos as opções de Lula.

1 – A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, que apareceu para o Brasil vindo da administração no estado do Rio Grande do Sul, é a preferida de Lula. Rousseff não tem perfil político, embora sustente que no período militar, onde pegou em armas, ganhou experiência, Mas saiu chamuscada com a derrota da deputada Maria do Rosário à prefeitura de Porto Alegre. De fato, ela está mais para técnica do que para postulante à cadeira do Palácio do Planalto. Se sair candidata vai se tornar um fiasco.

2 – O ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, é outra opção nas hostes do PT. Patrus está mais para um político franciscano, sem qualquer chance de alçar vôo mais alto, mesmo sabendo que daquela pasta saem os recursos assistenciais do governo federal..

3 – Marta Suplicy precisa se reciclar. Uma derrota avassaladora em São Paulo merece mais reflexão. Acredito que ela deva tentar voltar para as tetas do governo.

4 – Luiz Marinho, eleito prefeito em São Bernardo do Campo, embora não apareça nas bolsas de aposta do PT é no momento o melhor perfil do partido para disputar a sucessão do presidente Lula.

5 – Com a derrota em Salvador, Jacques Wagner já deve ter sido descartado.

6 – O PMDB tenta emplacar o candidato à vice. O governador do Rio, Sérgio Cabral, ensaia uns passos. Ao mesmo tempo, o partido busca atrair o mineiro Aécio Neves que não encontra mais ambiente no PSDB. O ninho tucano é do governador José Serra, o mais forte candidato para o ano de 2010.

7 – O deputado federal Ciro Gomes (PSB) é um nome que não deve ser, também descartado para compor chapa de candidato a vice. O problema de Ciro é temperamental.

Anúncios

Tags: , , , , , , ,

3 Respostas to “A lição das urnas em 2008”

  1. Bruno Leite Tostes Says:

    A oposicao em Padua precisa de articulacao, precisa de uma proposta, porque com denuncia ofencas nao conseguem nada, essa eleicao deveria ser a prova definitiva.

    Precisam tambem encontrar um candidato a altura da forca da situacao. A Maria dia ja virou nossa fregesa faz muito tempo.

    Tambem deveriam colocar o Josias para escantei, igual ao Nando fez qdo nao quis nem ouvi-lo. Muito fraco, deveria se aposentar e ir tirar leite na propriedade nanica que tem.

    Enquanto a oposicao fica na mesma, nos da situacao nos renovamos, pois temos um projeto gerador de renda e emprego para Padua, aliando nossos interesses privados aos interesses publicos. Nao e’ para pouco que fomos os maiores empregadores e investidores da cidade.

    Esse sucesso desperta uma inveja enorme naqueles ressentidos, que compoem o nucleo da oposicao e parte para uma briga no grito, na ofenca, mas isso somente nos fortalece. Nos fortalece pq padua nao e’ oligarquia, nem curral e sua populacao tambem nao e’ burra, como os revoltados da oposicao afirmam para compessar suas frustacoes.

    Em Padua nao adianta apelar, nao adianta gritar, porque com o Nando a briga e’ feia e dura. Acreditam que contra o Nando existe um trunfo, uma formula, mas nao adianta, ninguem entende mais da politica de Padua do que ele, prefeito eleito e aprovado nas urnas por mais vezes, de longe, na historia de Padua. SUCESSO E’ O NOSSO NOME!!!

  2. O Eleitor Says:

    O que me surpreende é que ficar postando a mesma baboseira em todos os tópicos.

  3. Bruno Leite Tostes Says:

    Não entendo por que a oposição fica tão inconsolável com a derrota, já são 20 anos nessa posição. Desta vez quiseram levar no “grito” com uma campanha “terrorista” atacando a tudo e a todos que não atendem aos seus interesses. São a turma do qto pior melhor.

    Não se deram conta que a situação é forte e somente se fortalece diante desse vazio de propostas. Também ainda tem a falta de espírito público ao reivindicarem uma vitória da minoria. Alguém conhece alguma proposta da oposição para Pádua?

    As justificativas para a derrota são sempre as mesmas. Os votos são comprados e que Pádua é um curral eleitoral, embora o voto seja livre e secreto e sua candidata é conhecida como Maria Macarrão pelo caridoso habito de distribuir macarrão em troca de votos.

    Querem moralizar Pádua com uma campanha “suja” repleta de ofensas. Dizem Pádua é uma oligarquia corrupta, mas seus candidatos são acusados de vários crimes e nunca tiveram hesito prolongado na vida pública. Deveriam gerar alguns empregos e renda em Pádua primeiro.

    Não teve jeito perderam e com novas eleições baterão o próprio recorde histórico de derrotas, amargando duas no mesmo ano. Deveriam primeiro tentar eleger mais vereadores antes de ambicionar a prefeitura.

Deixe uma resposta para O Eleitor Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: