Madonna e o futebol

Tardelli deveria apitar Goiás e São Paulo, no Bezerrão

Tardelli deveria apitar Goiás e São Paulo, no Bezerrão

O Campeonato Brasileiro chega à última rodada cercado de denúncias sobre tentativa de manipulação de resultado no jogo Goiás e São Paulo que acontece a partir das 17h no Estádio Bezerrão, em pleno Distrito Federal. O epicentro da crise está num envelope encaminhado ao árbitro Wagner Tardeli escalado para apitar o jogo no Gama. Ingressos para o show de Madonna ou dinheiro são mistérios para as investigações defendidas pelo presidente da CBF, Ricardo Teixeira, e na esteira das medidas cabíveis houve um novo sorteio e o baiano Jaílson Macedo Freitas vai para campo auxiliado por Alessandro Rocha Matos e Milton Otaviano dos Santos.

O baiano Jailson substitui Tardelli no jogo Goiás e São Paulo

O baiano Jaílson substitui Tardelli no jogo Goiás e São Paulo

Embora não bote a mão no fogo por qualquer das partes envolvidas, avalio como ficção qualquer tentativa de dirigentes ou torcedores do São Paulo de manipulação de resultados. E essa corrupção via envelope descoberta por agente secreto bota mais ingrediente neste cenário tupiniquim. Senão, vejamos: o clube paulista não depende de envelope para sagrar-se campeão brasileiro. Por qual motivo tentaria usar do expediente para subornar Tardeli? Seria uma vacina para o caso de outro tipo de pressão?

Na outra ponta, o Grêmio – interessado direto na desgraça do São Paulo – depende de vencer o Atlético (MG) e torcer pela vitória do Goiás. Não acho que a diretoria do Grêmio ou torcedores com bala na agulha faria qualquer ação para manipular o árbitro. Mas não descarto a possibilidade de “incentivo” ao time dirigido por Hélio dos Anjos. O Goiás é um bom time. Está bem afinado. Existem chances de o clube esmeraldino colocar água no fogo são-paulino.

Ainda a suspeita de manipulação, leio na internet declarações de dirigentes do tricolor gaúcho que coloca sob suspeita a última rodada do campeonato. Se isso for verdade, a manipulação de resultados deve ser analisada em outros jogos que acontecem neste domingo (7). Teremos dez partidas que começam no mesmo horário. Claro que São Paulo e Goiás ou Grêmio e Atlético (MG) fogem a essa regra. Isso porque um depende do resultado do outro. O que se verá é um time retardando o início do jogo.

Das 10 partidas, apenas uma  (Sport  e Coritiba) é para cumprir tabela. As demais têm interesses em jogo. Fluminense (contra o Ipatinga) e Santos (enfrenta o Náutico) entram em campo pela última vaga para a Sul-americana. Abaixo destes dois clubes, Vasco, Figueirense, Atlético (PR) e Náutico estão no chamado pelotão de fuzilamento: dos quatro, dois vão para a segunda divisão em 2009.

No topo, Palmeiras, Cruzeiro e Flamengo brigam para ficarem entre os quatro primeiros e, deste modo, participarem da Libertadores. Destes três times, dois vão assegurar as respectivas vagas. A torcida rubro-negra quer o Fla fique de fora. O que há nessa posição: enviar o Vasco para a segundona. Seria uma atitude lamentável para o futebol carioca. Isso é o que chamo de manipular resultados.

Anúncios

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: