Senado Caixa 2

Casagrande mostra o tamanho da encrenca a qual entrou o Senado Federal

Casagrande mostra o tamanho da encrenca a qual entrou o Senado Federal

Em política, quando não se quer decidir nada, constitui-se uma comissão para apurar os fatos. É isso que vem ocorrendo no Senado Federal. A cada escândalo, José Sarney (PMDB-AP) decide instaurar uma sindicância. A mais nova parte da “denúncia” de Renato Casagrande (PSB-ES)  sobre a existência de caixa 2 naquela casa parlamentar. Segundo descobriu Casagrande, o Senado tem contas paralelas à Conta Única do Tesouro Nacional com saldo de R$ 3,7 milhões.

O tema ganhou os sítios na tarde de ontem (24), quando outros parlamentares se articulavam pelo Nordeste brasileiro nos festejos de São João, e foi destaque nos noticiários das emissoras de rádio e tv. Diante de tantos escândalos, o cidadão deve ter dificuldades para saber onde e quando começaram as denúncias. E ajudo: quando surgiram as notícias sobre a liberação de passagens aéreas para trazer a Brasília os parceiros de biriba de Roseana Sarney (PMDB-MA), que mais tarde seria levada ao trono maranhense por interferência do pai Sarney e com anuência do TSE.

Veio – na mesma esteira – a mansão do Agaciel Maia, o ex-todo-poderoso diretor-geral do Senado de R$ 5 milhões – não declarada. Mas, o governador do Paraná, Roberto Requião (PMDB), em visita à Corte, declarou que se tratava de assunto velho. Ou seja, era do conhecimento de todos a existência da mansão de Agaciel. Em seguida, as centenas de diretorias como a de garagem, a de DVD e por aí vai. Horas-extras em demasia. Ufa!

Os parentes do Sarney na folha do Senado. Os funcionários comissionados servindo a mansão de Roseana, em Brasília, e a fundação de Sarney, em São Luís. Um escândalo após outro escândalo. E até agora se resumiu em nada.

E, para tirar o foco dos Sarney, a “assessoria” paga a preço de ouro pela Presidência do Senado tenta jogar lama noutros senadores que devem ter culpa no cartório. Mais parece uma ação entre amigos. Daqueles que brincam de faz de conta. E continuo minha defesa em favor da redução do Senado em 27 cadeiras e da Câmara dos Deputados, em um terço dos 513 parlamentares. Será uma economia aos cofres do País.

Anúncios

Tags: , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: