A iluminação pública

luz publica

O custo da iluminação pública em Santo Antônio de Pádua é estratosférico. Uma residência é assaltada, mensalmente, em R$ 9,26. O estabelecimento comercial desembolsa cerca de R$ 16. É um dos mais caros do Brasil pelo que tenho conhecimento. Até mesmo em Brasília não chega a metade deste valor. Lá, a população coloca a boca no trombone e reclama do poder público.

Dia desses um funcionário da Ampla – distribuidora que detém o monopólio de energia elétrica em 66 municípios do interior fluminense (incluindo Pádua) – foi taxativo: isso só se resolve quando tirarem os Padilha do poder. E depois ficam dizendo que faço campanha contra o chefe do Executivo municipal!

Vamos então fazer as contas: a Ampla tem 2,3 unidades de consumo nestes municípios. Embora não disponha de informações sobre quantas unidades de consumo tem Pádua, mas se dividirmos a população por quatro, chegaremos a algo perto de 10 mil pontos de consumo.

Essa seria a nossa base para calcular quanto a Prefeitura de Pádua arrecada a cada mês do contribuinte a título de iluminação pública: R$ 100 mil. Ou seja, R$ 1,2 milhão por ano. Mas, podem alegar que existe inadimplência e rebato com o seguinte argumento: o cálculo que faço com o objetivo de ilustrar o volume de dinheiro que entra nos cofres não confronta a relação das ligações residenciais, comerciais e industriais. Na ponta do lápis, isso pode ser muito maior.

A Câmara de Vereadores de Pádua poderia agir nesta questão e dar uma resposta à população. É o dinheiro do cidadão que pode estar entrando numa “vala” comum e saindo pelo “ralo”. Acho que não precisa mudar o prefeito. Só na época da eleição!!!

Tags: , , , , , ,

8 Respostas to “A iluminação pública”

  1. Victória Says:

    Será que Pádua só tem problemas com o preço da energia elétrica?.. O problemas vão além. De cara, cito dois: A praça Pereira Lima cercada de tapumes e a ponte de ferro fechada. Em breve vamos colocar uma vela em comemoração a um ano das enchentes. Se é que podemos comemorar tal desgraça!…

    Mas encaro normal ter esses e outros problemas quando se tem um prefeito que não passa de mera fotografia pendurada nas repartições públicas. Que gasto!…Também acho não ser necessário mudar de prefeito agora. Resta o prefeito sair da fotografia, se tornar corpóreo, e começar a ter atitudes de chefe do Executivo para minorar os problemas que assolam Pádua. É facil. Basta vontade de fazer. Deve ser o que o paduano espera uma vez que o elegeu. E se nada acontecer o jeito é chiar. Ir para a porta da prefeitura e exigir providências. Para que elegemos os governantes?… É para governar para o povo..

  2. rejane Says:

    Concordo com você, Vitória. Os problemas de Pádua vão além.Sai de Pádua há mais de 25 anos. Vivo no Rio e aqui constitui família. Vou à Pádua uma vez poer ano, em minhas férias. Estive em Pádua em dezembro quando houve a enchente. Após a enchente fiquei lá por mais uns 20 dias e voltei para o Rio sem ter tomado qualquer tipo de vacina, já que eu e minha mãe estivemos em contato com a água. Procurei alguns lugares para me informar de que maneira poderíamos ser vacinadas e a única resposta que obtive,na época, é que não tinha vacina. E a minha maior indignação foi a de saber que o prefeito Nando estava em Guarapari com a família dele para passar o revellion na praia. Confesso que não sou a favor do monopólio Padilha. Sou a favor,sim, da população paduana. Sou a favor da política séria. Sou contra as pessoas ficarem discutindo política e brigarem por candidatos que não valem a pena. Problemas existem em qualquer lugar,mas o povo tem que ser unido,sempre. Não gosto de discutir política,mas devo admitir que tem certos políticos que não só “misericórdia”. Queria eu que todos pudessem conviver com algum político como eu convivo, pois na família de meu marido existe um deputado estadual , aí sim, as pessoas antes de votarem iam pensar mil vezes antes de votar.

  3. Victória Says:

    A resposta que você recebeu sobre as vacinas é exemplo do sucateamento da saúde. Para onde levaram o dinheiro arrecado com a CPMF? E agora ainda têm esses políticos cara de vir propor contribuição similar – CSS, para financiar a saúde. Nossos governantes se esquecem que foi às nossas custas que lá chegaram. Basta ser eleito para se tornarem desmemoriados. Se esquecem que cada eleito assina um contrato tácito com a população – de serví-la. Não são regiamente pagos pelo erário, não gozam de mordomias incríveis, não têm à sua disposição uma monstruosa maquina administrativa? Então, ao trabalho!. Não se elege ninguém para ficar numa bela moldura… Prefiro não falar sobre o monopólio do poder em Padua porque o tema além de ser altamente desgastante é tyambém um dos motivos dessa inércia governamental que nota em Pádua. Só não saio daqui porque infelizmente me tornei uma velha árvore cujas raízes se entraharam no solo de maneira irreversível. Portanto só me resta sonhar – e isso ninguém me rouba – com dias melhores para Pádua porque pior do que está é impossível.

  4. Bruno Leite Says:

    Poderia piorar sim! Poderia piorar muito com a Mria Dib e Josias, coisa que o Roberto mais insistiu, mas felizmente nao aconteceu.

    • Roberto Cordeiro Says:

      Sr. Bruno,
      Jamais afirmei que Maria Dib e Josias Quintal seriam a solução administrativa municipal. Em outros textos publicados aqui neste blog destaquei a derrota dela e a vitória de Nando. Dib e Quintal não figuram neste espaço apenas porque não foram eleitos e, com isso, não estão fazendo uma administração pífia. O resto é conversa fiada!

      • Bruno Says:

        Sr Roberto,

        Isso nao justifica a sua falta de criticas para com a oposicao Paduana. Como o Senhor fez campanha contra a situacao o resultado pratico seria a eleicao da oposicao, entao o senhor acreditava sim que a oposicao faria um trabalho melhor.

        Um dos fatores que justificam essa administração pífia encontra-se justamente na total incompetencia politica da oposicao Paduana, afinal qual o numero de vereadores de oposicao existem hoje na camara e quais sao seus projetos e acoes…

        Sua falta de critica a oposicao simplesmente demonstra que sua intencao nunca passa de criar polemicas chulas, fofocas, futricas e mentiras, sem deixar de mencionar sua conivencia com anonimos de ma fe, tema que foi debatido em plenario no congresso e vetado o anonimato na discussao sobre as diretrizes para utilizacao da internet nas disputas eleitorais.

        Quando sera que veremos aqui uma critica a oposicao… Politica faz por meio de disputas entre a situcao e a oposicao, mas quando o sennhor pensa em critica, pensa somente na situacao.

        Desculpe Roberto, admiro seu trabalho, mas por vezes ele me desperta a sensacao que nao passa de tendencioso, parcial e mal intencionado, e assim nao me conformo com ssituacai e faco uso de minha liberdade de expressao, ou sera que o senhor nao quer ver aqui opinioes contrarias as suas…

        um forte abraco,

  5. Victória Says:

    A situação paduana é sui generis. A oposição composta pela Maria Dib e Josias Quintal não foi derrotada? Então não ha de se falar em oposição. Ã oposiçãomé letra morta. Cabe ao prefeito eleito zelar pela cidade uma vez que tem nas mãos as rédeas do executivo. Aos vereadores cabe legislar, se não me engano. Acredito que o executivo pode propor ao vereadores projetos já que falta aos mesmos imaginação e iniciativa.
    Ou será que o número de vereadores da oposição ultrapassa ao numero de vereadores da situação a ponto de emperar qualquer iniciativa? O povo de Padua não os elegeu para emperar as melhorias que devem ser feitas em Padua. Não são pagos? Vereadores da oposição ou situação tem a obrigação e o dever de pensar em melhorias para o povo independente de ser situação e oposição. Ao trabalho, senhores vereadores.

  6. rejane Says:

    Há um certo tempo que eu visito este blog, exatamente por eu ser de Pádua.Em momento,algum,li algo que pudesse fazer com que eu achasse que o Roberto fizesse qualquer tipo de campanha a favor de Maria Adib e contra o Nando ou qualquer outro membro da família Padilha. Aliás eu vou á Pádua todo ano e vejo, com meus próprios olhos ,a má administração de seus governantes.Independente de quem quer que seja acho que minha querida Pádua merece o melhor. O povo paduano merce todo o respeito do mundo.Não escrvi esras palavras para criar atrito com ninguém. Simplesmente acho deprimente ver o que eu vi em dezembro:pessoas discutindo por esteou por aquele candidato. Acho que todos deveriam conviver,assim como eu, com um político . Aí todos iam pensar mil vezes antes de votar.Meu coração paduano estará,sempre,voltado para minha terra e um dia se transboradará de alegria ao saber que ,lá, tudo melhorou.Este era meu sonho,quando eu vivia em Pádua e continua sendo há mais de 23 anos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: