Archive for the ‘animal de estimação’ Category

O barro do cão

fevereiro 7, 2009

Para um marinheiro de primeira viagem, Waldick – o cão labrador – me surpreendeu. Acho que ele quer invadir a casa do vizinho. Está comendo a parede. Já fez um buraco que tirou parte do reboco, chegou ao tijolo e não sei o que fazer para que o nosso cão tenha um comportamento diferente. Sugeriram a leitura do livro Marley & Eu, que deu origem ao filme de mesmo nome.

Não penso deste modo. Acho que não existe fórmula para se lidar com humanos e animais. Todos nos surpreendem! Não acham? Claro que são enormes as chances do labrador – pode ser o Waldick, o Marley ou outro cachorro de qualquer nome – macho ou fêmea – de não encontrarmos a fórmula mágica que afaste-os das paredes ou de cavar buracos no chão.

O vizinho que faz divisa com a nossa casa tem uma cadela da raça labrador que passou pela mesma vontade de comer a parede. O reboco da casa…. Eliana – minha patroa – diz que há um remédio para isso. Pensei passar pimenta malagueta no barro. Não sei se é a melhor solução. Estabelecer limites ou não, Waldick é tratado como um cão.

A mãe do PAC

janeiro 26, 2009
Roberto Stuckert Filho)

A ministra Dilma Rousseff caminha na Peninsula dos Ministros (foto: Roberto Stuckert Filho/O Globo/G1)

A ministra Dilma Rousseff foi flagrada ontem (domingo) na Península dos Ministros, no Lago Sul, uma das áreas mais caras da capital federal, com o labrador Nego, herança do antecessor José Dirceu. É o chamado teste de popularidade. O fotógrafo Roberto Stuckert Filho, de O Globo, reconheceu-a. Também, Dilma – que se submeteu à cirurgia plástica recentemente – trazia um chapéu nas mãos e pouco lembrava o disfarce de tempos atrás. Pelo relato do repórter fotográfico, a ministra foi bem gentil. É lance de marqueteiro. “Nossa preocupação é atravessar bem o ano: 2009 é o ano. Temos que fazer tudo para que a desaceleração provocada pela crise global tenha o menor impacto possível no déficit e no PIB brasileiro”, disse.

O passeio de Waldick

janeiro 17, 2009
Waldick saiu do quintal e passeou pelo bairro (foto Eliana Buchaul)

Waldick saiu do quintal e passeou pelo bairro (foto Eliana Buchaul)

Enfim, Waldick saiu da quarentena. Após tomar quatro vacinas e receber os medicamentos contra vermes, o nosso labrador pode deixar o quintal de casa para um merecido passeio pelas redondezas do bairro onde moramos. E ele estava bem comportado. Fez o trajeto em reconhecimento do lugar. Correu atrás dos pombos, se assustou com outros cães que fizeram uma sinfonia de latidos para ele, cheirou, lambeu e voltou para casa.

Confesso que não tinha tanta admiração por animais. Estamos nos dando muito bem. Waldick é um bom companheiro de caminhadas. E agora elas serão mais frequentes. Temos excelentes motivos para seguirmos com a parceria. Aos poucos – acredito que será assim – o nosso cão poderá sair da coleira para uma caminha mais à vontade.

Li três jornais hoje cedo. Ainda tenho compromisso em ler mais três edições diferentes. Nada muito novo. Então, deixo um bom dia a todos!

Uma nova mulher!!!

janeiro 13, 2009
Wilson Dias/ABr

O presidente Lula e a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, durante cerimônia de abertura da 11ª Conferência Nacional dos Direitos Humanos Foto: Wilson Dias/ABr

Conheci a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, na portaria do Ministério de Minas e Energia. Naquela época, Rousseff era secretária de Energia do governo do Rio Grande do Sul e fora ao Ministério para uma audiência com o então titular da pasta Rodolpho Tourinho. Ela levou um chá de cadeira. Na ocasião, ninguém poderia imaginar que ela chegaria tão longe. No governo Lula, sentou na cadeira de Tourinho e, depois, substituiu José Dirceu.

(more…)

Fim de festa

janeiro 10, 2009

O período de vida boa acabou. Estou retornando hoje (10 de janeiro) para Brasília. Espero que a estrada esteja em melhores condições. No meio da semana, quando estive em Miracema, descobri que os ônibus da Viação 1001 estavam com uma hora e meia de atraso. Isso ocorreu porque a passagem entre Itaperuna e Laje do Muriaé estava com problemas. Com o calor que tem feito na região, o rio Pomba já está quase seco! Brincadeira de fim de férias.

Estas últimas semanas foram importantes para que os cidadãos travassem conhecimento com o próximo. Se isso não foi possível, lamento! Digo desta forma, pois, o ser humano aprende a se erguer nas tragédias. E as cheias do rio Pomba devem ter ensinado muito até mesmo aos mais descrentes. Que as mesmas tragédias não abalem o moral do povo desta cidade.

Ontem (sexta-feira) foi possível entender um pouco mais da solidariedade. Estamos trocando uma pia na cozinha da casa onde mora minha mãe – a dona Creusa. E a pia antiga – com uns 20 anos de uso – foi deixada num canto da rua. Um senhor – bem humilde – se candidatou e, no fim do dia, levou a pia para a casa dele. Imaginem o semblante de felicidade. Todos ficaram felizes.

Agora, estou de volta ao meu aconchego em Brasília. Quero reencontrar a patroa Eliana, a sobrinha Luíza, o labrador Waldick e o canário belga Tico. Fui. Até a próxima.

2009, o ano que se inicia!

dezembro 31, 2008
Tico - o belga canário - deseja um feliz 2009 a todos

Tico - o belga canário - deseja um feliz 2009 a todos

O ano velho termina com duas missões que não consegui cumprir: comprar o volume 1 de “O coração do homem-bomba”, de Zeca Baleiro, e dar de presente a Eliana – a minha patroa – o livro “Marley & Eu”. Aqui em Brasília os dois produtos estão esgotados. O cd do Zeca talvez consiga no Rio, para onde me transfiro em fim de férias a partir de 1º de janeiro de 2009. O livro ficará para o regresso.

(more…)

As reflexões

dezembro 27, 2008
Waldick esteve ontem no veterinário. Recebeu as vacinas, mas só poderá passear em janeiro (Foto Eliana Buchaul)

Waldick esteve ontem no veterinário. Recebeu as vacinas, mas só poderá passear em janeiro (Foto Eliana Buchaul)

É difícil acreditar! Com a mídia pregando o fim do mundo, o conselho que a minha avó daria seria o seguinte: neto, não saia de casa, não compra nada, não se endivide. Eu bem que elegeria Míriam Leitão como a rainha da crise. Pode? Claro que sim. É a comentarista da crise. Xô, crise!

(more…)

Waldick & Nós

dezembro 25, 2008
Waldick é o nosso labrador

Waldick é o nosso labrador

O dia de Natal é interessante. Muitos ganharam pouco e poucos estão embolsando muitos presentes. E uma versão tupiniquim para o livro “Marley & Eu” acontece aqui em casa. Seria então: Waldick & Nós. Aprendi a gostar dos animais. Temos um labrador e um canário belga (Tico) que fazem a alegria de nossa casa.

(more…)

A maratona da mudança

novembro 19, 2008

Estou muito chato. Reconheço. Mas, continuo com um tema recorrente e que deve servir de lição ou como conselho para os leitores que mudam de endereço, seja para um apartamento ou uma casa. No relato último falei das dificuldades para mudar linha telefônica, TV por assinatura e internet. Nesta quarta-feira (19), acabei tendo surpresas desagradáveis.

(more…)

Desplugados!!!

novembro 18, 2008

Estamos distante do mundo moderno. Parece que demos uma volta ao tempo e retornamos ao período onde a tecnologia não existia. No início do século passado, telefone era coisa difícil. Artigo de luxo. Internet, nem pensar. É exatamente assim que estamos sentindo no novo endereço. E ninguém resolve. A BrasilTelecom – operadora aqui do DF – recebeu solicitação de mudança ou transferência da linha telefônica para o novo endereço. Estamos há uma semana sem telefone. E a empresa não tem informação sobre quando passaremos a contar com o serviço.

(more…)