Posts Tagged ‘Brasileirão’

Fluzão tem novo técnico

outubro 2, 2008

A luta para fugir do rebaixamento da primeira divisão levou a diretoria do Fluminense a dispensar o técnico Cuca. O empate, na noite passada, em 1 a 1 contra o Goiás foi a gota d´água. Chovia muito no Maracanã e, talvez, por este motivo, os jogadores erraram a pontaria. Porém, como fiel torcedor do Fluzão, acho que o problema não é trocar o treinador. Confesso que tem muita gente fazendo corpo mole nesse time.

(more…)

Acaba a Lei Seca no DF

setembro 29, 2008

Enfim, São Pedro decretou o fim da Lei Seca no Distrito Federal. No fim de semana, muita chuva. Um aguaceiro. Para os moradores desta cidade, o momento é de muito cuidado. As pistas ficarão bastante escorregadias. Então, o negócio é bastante prudência ao volante. E, como fez muito calor nos últimos meses, o refresco vindo do céu deve ser do mesmo tamanho. Ou seja, o índice pluviométrico vai se elevar.

(more…)

O Brasileirão

setembro 22, 2008

A vitória do Flamengo no Maracanã – 1 a 0 – sobre o Ipatinga livrou o Fluminense da lanterna do Campeonato Brasileiro. Ao mesmo tempo colocou o Fla no G4, grupo para disputar a Libertadores em 2009. Agora, a classificação fica com Grêmio (50), Palmeiras (49), Cruzeiro (46) e Flamengo (43). O treinador rubro-negro Caio Junior disse na tv que nesta edição da competição não há favorito para sagrar-se campeão brasileiro.

Em São Paulo, o Palmeiras fez o dever de casa e bateu o Vasco por 2 a 0. Já a Portuguesa, mesmo com vitória de 3 a 1 em cima do Botafogo, segue na zona de rebaixamento com Ipatinga, Fluminense e Vasco. Aliás, o próximo jogo da equipe da Colina é contra o Ipatinga. Fluminense enfrenta o Botafogo. A Portuguesa joga com o Santos.

Na ponta da tabela, Grêmio joga com o Internacional. O clássico gaúcho pode causar impacto na briga pelo título. Se der Internacional, e o Palmeiras vencer o Náutico no Recife irá para o topo. Outro grande jogo vai ser São Paulo e Cruzeiro. Uma parada duríssima.

Os concurseiros

maio 18, 2008

Depois de comer muita poeira em Itapoã, distante 30 quilômetros do Palácio do Planalto, relembro o comentário de um amigo que me deu carona até o Lago Norte: 90% da população de Brasília desconhecem a situação das 40 mil famílias que habitam aquele bolsão de pobreza. Sem asfalto, as ruas esburacadas não permitem a fluidez do trânsito. Andar por aquelas bandas é como participar de um rali. Sem rede de esgotos, sem infra-estrutura, o lugar mostra o abandono do poder público. Claro que ontem (sábado) os moradores receberam promessa de que no próximo tudo será diferente. (more…)

Girl from Ipanema

maio 12, 2008

Este blogueiro viajou para o Rio. Se instalou em Ipanema, o metro quadrado mais caro da cidade, quiçá do Brasil. O entardecer não poderia ter sido melhor. Apesar do frio, alguns banhistas insistiam em permanecer na areia. À noite, uma circulada pelas redondezas. Nada palpitante. Uma parada no Barril 1800 para uns petiscos e alguns goles de chopp. O simpático garçom reclama do fraco movimento no almoço. Culpa do tempo frio. Afastou os fregueses.
Então, imaginem que a opção dessa domingueira foi assistir televisão. Muito futebol. É que começou o Brasileirão com um fato inédito: Maracanã vazio para um Flamengo e Santos de quatro gols. Demorou muito para que soubesse as razões dos portões fechados: um torcedor jogou uma latinha de cerveja e o clube foi punido. No Engenhão, do outro lado da cidade, o Botafogo passou pelo Sport, o time pernambucano que deve dar muito trabalho.
Mas a partida interessante ocorreu em São Paulo. Com dez gols, Portuguesa e Figueirense empataram. O Palmeiras levou na cabeça em Curitiba. Dois a zero pro coxa branca. Em Porto Alegre, vitória do Internacional sobre o Vasco da Gama. Um placar magro: 1 a 0.
Já em Belo Horizonte, os juniores do Fluminense ficaram no empate sem gols contra o Atlético. Foi considerada uma vitória. Muitas vaias dos atleticanos para o time que foi envolvido pela garotada de Xerém, centro de formação de craques tricolores. Agora, os programas das tvs pagas discutem a rodada. Nada emocionante.
E amanhã teremos um dia agitado aqui no Rio. O jeito é ir para a cama mais cedo e torcer pelo amanhecer com um pouquinho de sol.