Posts Tagged ‘José Renato Padilha’

Cadê Marisa?

setembro 26, 2009
Marisa é só um braço ao lado de Michele Obama. Rarará!!!!

Marisa é só um braço ao lado de Michele Obama. Rarará!!!!

A foto acima causou a maior indignação na reunião do G-20 em Pittsburgh, nos Estados Unidos. Imaginem leitores amigos, a primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva foi cortada da foto oficial com as primeiras-damas dos chefes de Estado que integram o referido bloco. Conclusão: ela não é nenhuma Brastemp! A imagem rodou o mundo. A sra. Lula só aparece com o braço. Reparem bem! Até mesmo os sítios e jornais tupiniquins publicaram só um pedaço da nossa primeira-dama. Aliás, já é alguma coisa para quem não é coisa alguma! Vão pedir ao chanceler Celso Amorim para protestar na ONU! Mas, O Globo deu! Digo, a foto nas páginas internas (Economia).

(more…)

Zé Retrato

setembro 11, 2009

Dizem pelas ruas de Pádua, no estado do Rio, que o prefeito da cidade é uma fotografia pendurada na parede das repartições públicas. Ele existe, mas ninguém o vê. Por isso, Zé Renato passou a ser chamado de Zé Retrato. A cidade não merecia isso.

Ontem à noite fiquei surpreso com a quantidade de adolescentes que buscam as escolas da cidade. Muitos são de outros municípios e predomina o sexo feminino.

Nando venceu a eleição

dezembro 16, 2008

Embora os foguetes já tenham sido espocados em Santo Antônio de Pádua, com o resultado do julgamento do TRE-RJ pelo deferimento da substituição de Zequinha Pimentão por Ralph Kezen na chapa liderada por José Renato Fonseca Padilha, este Diário de Bordo coloca o assunto em evidência. Isso se dá, pois, o debate ficou muito restrito aos comentários (agradeço a todos os participantes deste amplo debate).

(more…)

Novas eleições

dezembro 14, 2008

O momento político vivido no país é igual ao momento econômico. Ou seja, instável. Ananás, no interior de Tocantins, com sete mil eleitores, tem uma nova eleição neste domingo (14). O mesmo ocorre em Malhador (SE). O jornal O Estado de S. Paulo (leia aqui) disseca a questão sobre o embate jurídico da disputa. Muitos candidatos estão com os nervos à flor da pele.

Enquanto isso, o cidadão comum descobre algumas mentiras que podem ser conferidas no sítio do TSE. Tratam-se das prestações de conta de José Renato Fonseca Padilha (clique aqui e se informe sobre o patrimônio do candidato) e de Maria Dib (clique aqui e descubra que não tem patrimônio). Para quem conhece vai entender bem como são os meandros desse processo eleitoral. Vale a pena conferir e dar boas gargalhadas.

Dia 18 de dezembro esta chegando. O prefeito Nando espera alguma solução. Ou melhor, vai esperNANDO. O tempo dele já passou. E o pior é que ninguém entende ou faz de conta que (NANDO) não entende. Pura demagogia. Nem Nando e nem Dib. Eleições diretas para Prefeito de Santo Antônio de Pádua.

O escândalo do TJ do Espírito Santo deve ser lembrado sempre. Existem prefeitos no RJ que estão pendurados nos parentes de juízes do TJ. O MP precisa investigar. É o chamado nepotismo cruzado.

Obs. O TSE (clique aqui) divulgou informações sobre votos nulos e realização de novas eleições.

O custo do voto

novembro 8, 2008

cinco-us

A Associação Brasileira de Consultores Políticos (Abcop) fez um levantamento para apurar o custo médio do voto para cada candidato a prefeito nestas eleições de 2008. Após estudo tomando por base dados fornecidos por 80 consultores da entidade, concluíram que o desembolso médio ficou em US$ 14. Isso se refere ao gasto, por exemplo, com carros de som, propaganda, etc e tal. Já o voto para vereador custou em média US$ 8.

(more…)

TRE-RJ diz que não disse aquilo que havia dito

novembro 5, 2008

Em atendimento ao leitor do Diário de Bordo que se vale do pseudônimo “Pádua não pode parar” amplio o destaque dado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) que desmente matéria divulgada pela Agência Brasil (Abr) sobre novas eleições para prefeitos em Santo Antônio de Pádua e Bom Jesus do Itabapoana.

Porém, não houve qualquer manifestação oficial da Justiça Eleitoral no que diz respeito à matéria publicada pelo jornal O Globo que seguiu a mesma linha, ou seja, sobre a possibilidade de novas eleições nos dois municípios do interior fluminense. O objetivo deste Diário de Bordo é permitir que o cidadão tenha acesso às informações sobre este verdadeiro embate que se transformou as eleições, em especial, em Santo Antônio de Pádua, município onde iniciei minha trajetória profissional.

(more…)

Pádua terá 2º turno?

outubro 26, 2008

Se depender do presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio, desembargador Alberto Motta Moraes, cerca de 26,5 mil eleitores de Santo Antonio de Pádua, interior do estado do Rio, voltarão às urnas para uma nova votação. No entender do magistrado, como a maior parte dos votos foi anulada, os postulantes – desta vez devidamente com o crivo da Justiça Eleitoral – retomam uma nova campanha.

(more…)

Campos, outra vez…

outubro 10, 2008

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu na noite passada (9) que o deputado federal e ex-prefeito de Campos dos Goytacazes Arnaldo Vianna vai disputar o segundo turno das eleições municipais contra a ex-governadora Rosinha Garotinho. Os ministros entenderam que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio impugnou a candidatura de Vianna sem que houvesse comprovação de que problemas nas prestações de conta daquele município, em 2003, eram sanáveis.

(more…)

O exemplo de Faina (GO)

outubro 9, 2008

Faina é um município de Goiás e tem cerca de oito mil habitantes. Fica a uns 400 quilômetros de Brasília. No último domingo (5), 1.881 eleitores votaram em Fernando Curado, 52, atual prefeito, mas, de fato, acabaram elegendo Caio Vellasco de Castro Curado, 20, sobrinho de Nando.  Manobra política? Sim. Por temer impugnação, o prefeito substituiu-o por Caio, na última sexta-feira, minutos antes de o cartório eleitoral fechar.

(more…)

As regras do blog

outubro 8, 2008

Acompanho desde o último domingo (5) os comentários mais amenos e aqueles mais acirrados aqui no Diário de Bordo. Uns defendem José Renato Padilha, outros, Maria Dib. Ocorre que o posicionamento de uns e de outros está passando dos limites. Quem ganhou a eleição em Santo Antônio de Pádua? Confesso que não esperava este tipo de comportamento. Claro, credito um pouco deste acirramento à minha aprovação de tais comentários.

Porém, serei mais criterioso daqui para frente. Espero não ser agredido. Também não irei revidar. Apenas excluirei os comentários que em nada acrescentem a este blog. Pensava num debate de idéias. Não no comportamento chulo e agressivo de alguns. Tomo essa iniciativa ao pensar em outros leitores – a maioria – que está acompanhando os post colocados aqui neste espaço.

Digo-lhes que conheço muito bem os dois lados. Aliás, os três. Há irregularidades por toda parte.  Aqui não se trata de um fórum ou um consultório de psicanálise para discutir frustrações. De minha parte, assumo o compromisso de seguir no acompanhamento dos fatos e narrá-los a todos. Não serei ácido.

Se alguns me conhecem, sabe do caminho que percorri para atingir o meu propósito de ser jornalista. Pauto-me pela ética. E é ela que tem prevalecido. Estou em Brasília onde trabalho para uma entidade que nada tem a ver com política. Mas, em 25 anos de atividades, acompanhei e fui testemunha de diversos acontecimentos que me dão um pouco de experiência profissional e como ser humano.

Aos que ficarem descontentes, lamento. Daqui em diante aceitarei apenas as críticas que tenham a ver com aquilo que foi postado no blog. É, no mínimo, ter respeito à imensa maioria que vem acompanhando os fatos pela internet, pelo Diário de Bordo. Agradeço a todos pela compreensão.

Roberto Cordeiro