Posts Tagged ‘Santo Antônio’

São João

junho 24, 2009

sãojoão

O dia 24 de junho comemora-se São João. Das festas juninas, João é o segundo santo do mês. No dia 13, Antônio foi motivo de mobilização dos devotos. Na próxima semana, 29, será a vez de Pedro, o fundador da igreja católica. A introdução se faz necessária para abrir pretexto a outro assunto desta época do ano: as festas juninas que se estendem até agosto ou setembro (em alguns casos).

A força das festanças tem impacto nos estados da região Nordeste – Pernambuco (Caruaru) e Paraíba (Campina Grande), isso sem esquecer de Sergipe (Aracaju) e outras cidades do interior deste imenso País. E Brasília, como reflexo de todas as unidades da federação, é sem dúvida palco de alguns movimentos juninos.

Então, enquanto se homenageia os santos, os participantes dos festejos saboreiam comidas e bebidas típicas, bem como assistem as apresentações de quadrilhas juninas – do nosso rico folclore. Não devemos misturar com os quadrilheiros que estão nas ruas e lesam a Pátria. Oh, mãe gentil.

Anúncios

A CPI dos ossos, ou melhor, dos cemitérios…

junho 13, 2008

No Estado do Maranhão, há muito tempo atrás, se fez uma peneira na Justiça Eleitoral para verificar os chamados “eleitores fantasmas”. E descobriu-se muitos fantasmas por aquelas bandas. Tanto é que numa das cidades os muros do cemitério foram pichados com supostos mortos pedindo que os deixassem em paz.

A Brasília do século 21 ganhou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investir a máfia das funerárias. Alguns meios de comunicação a chamam de a CPI dos Ossos, outros de CPI dos Caixões. Os holofotes desta tarde se voltaram, então, para o Cemitério do Gama, onde funcionário lotado no gabinete do deputado distrital Rogério Ulysses (PSB), presidente da tal CPI, invadiu o campo dos mortos a bordo de um trator com o objetivo de encontrar ossadas e restos de urnas mortuárias.

E o que ele encontrou no cemitério: restos de caixões e ossadas. Claro. Num cemitério existem caixões e ossadas. A PM baixou por lá. Quis saber se a “autoridade” tinha autorização para remexer os restos mortais. Rogério “holofotes” Ulysses foi para o local que se encontra interditado.

Essa CPI surgiu na esteira de denúncias de irregularidades nos cemitérios da capital federal. O assunto é propício para o encerramento de mais uma sexta-feira 13. Bem macabro. Mas outros preferiram dedicar o dia para homenagear Santo Antônio, o santo casamenteiro, um dos mais populares da Igreja Católica. Os mortos pedem um pouco mais de respeito.