Posts Tagged ‘Zé Dirceu’

O salvador

janeiro 24, 2009

O mundo vive a crise. O mundo respira a crise. Uma notícia saiu meio que na sexta página (na imprensa significa cesta de lixo) neste sábado (24 de janeiro), quando poucos no Brasil optam por se informar. Mas, merece uma reflexão. A crise mundial está provocando estragos na mídia européia. Então, o presidente da França, Nicolas Sarkozy, aparece como sendo um salvador. Deve ser indiferente ao povo francês salvar jornais e saites…

 Nos Estados Unidos, o salvador chama-se Carlos Slim, o patrão do Zé Dirceu, amigo do Lula…O mexicano injetou soma de dólares (mexicanos) no The New York Times e evitou que Barack Obama fizesse o mesmo que Sarkozy. Mas Lula já fez o mesmo que o colega francês aqui no Brasil com recursos do BNDES, sem contar a verba publicitária que atende todas as mídias do interesse dos amigos do Palácio do Planalto. Ao término, todos vão entrar para a história da humanidade. Será? Quero os meus euros no blog Diário de Bordo.

França lança plano de 600 mi de euros para resgatar imprensa

da Folha Online

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, anunciou nesta sexta-feira um plano para salvar jornais e sites de notícias no país, depois de já ter adotado medidas semelhantes para os setores bancário e automotivo, informa Cíntia Cardoso, em reportagem na edição da Folha deste sábado (íntegra disponível para assinantes do jornal e do UOL).

 Ao todo, o pacote vai custar 600 milhões de euros distribuídos por três anos, sem incluir os recursos para a modernização do parque gráfico francês. Aos críticos que veem na iniciativa uma ameaça à liberdade de imprensa, Sarkozy disse: “Espero que ninguém veja um atentado à independência”.

No último dia 19, o o secretário de Estado para a Indústria da França, Luc Chatel, disse que o governo pode aumentar sua presença no capital de certos grupos do setor automobilístico. “Em troca do apoio do Estado, as montadoras deverão se comprometer na distribuição de dividendos e na manutenção das instalações industriais na França’, disse, citando discurso de Sarkozy. No mês passado, em visita ao Brasil, Sarkozy disse que o apoio ao setor automotivo não terá medidas protecionistas.

Ele reafirmou ainda que o Brasil e a UE (União Europeia) irão atuar a favor da retomada da Rodada Doha de liberalização do comércio mundial. No último dia 8, Sarkozy disse que o governo ofereceu 10,5 bilhões de euros aos bancos para facilitar os empréstimos destinados a enfrentar a crise financeira, o que eleva a 21 bilhões de euros os fundos fornecidos pelo Estado.

Anúncios